Este artigo tem como objetivo observar e mapear notícias e fotografias de guerra, em especifico a guerra na Síria, no período de 2011 a 2018, com o intuito de mostrar como podem ser criadas novas imagens através da manipulação fotográfica e como as fotografias advindas da Síria foram utilizadas nas redes sociais e na mídia massiva. Focando no recorte do nosso objeto de pesquisa, a Guerra da Síria, através do fotojornalismo, buscamos evidenciar a manipulação e ausência da ética jornalística nos campos de guerras, tanto na modificação da notícia, quanto na utilização da imagem de forma eticamente indevida. Para tal, nosso percurso de pesquisa é alicerçado no contexto histórico das guerras e na relação com o fotojornalismo, bem como em uma observação das bibliografias que referenciam o trabalho de Robert Capa, um dos precursores do fotojornalismo. Autores como GERNSHEIM E GERNSHEIM (1969), GERACI (1973) E HOY (1989) e BARTHES, FREUND (1989), SOUSA (2000), SOUGEZ (2001) são utilizados. No campo da análise semiológica, LACAYO E RUSSEL (1995), HOWE (2002), SONTAG (2003), BREWER (2005) nos auxiliam na construção da cronologia histórica e crítica sobre a fotografia e sobre conflitos do século XIX e XX, que nos integra com fontes sobre a guerra na Síria e manipulações de mídias de modo geral.
Clique Aqui para Baixar a Obra Completa
Tipo De Obra: Artigo Científico
Classificação Temática: JORNALISMO
Ano: 2018
Cutter: F315m
Publicação: 01-11-2019
Nº Páginas: 34
Autores:
KAROLINY KELLY CÂNDIDO FELIPE (lorak_cliff@hotmail.com)

Orientadores: 
M.Sc. Edigardo Ferreira Soares Neto (Lattes)

M.Sc. KENIA KALYNE GOMES DE ALMEIDA (Lattes)

M.Sc. KENIA KALYNE GOMES DE ALMEIDA (Lattes)

Palavras-Chave: 
  • Ética
  • Fotojornalismo
  • Guerra da Síria
  • manipulação
  • Robert Capa
Keywords: 
  • Ethics
  • manipulation
  • Photojournalism
  • Robert Capa.
  • Syrian War