Sabemos da importância do eixo intestino-cérebro quando falamos de depressão e sintomas psiquiátricos relacionados a disbiose intestinal e uma microbiota funcionante. Diversos fatores interferentes podem causar disfunções na microbiota intestinal que acabam afetando diretamente alguns sistemas do corpo humano. O objetivo deste trabalho é revisar o que a literatura diz, de fato, sobre a correlação existente entre a disbiose intestinal e depressão, buscando analisar e compreender os possíveis tratamentos existes com pre e probióticos e seu desempenho quanto a melhoria ou não dos sintomas depressivos. A base de dados consultada foi o Pubmed, onde foram analisadas pesquisas entre os anos de 2010 e 2020, disponíveis em inglês. Os estudos com administração de probióticos demonstrou melhoras nos sintomas depressivos, porém, são necessários mais estudos para se ter uma análise mais ampla e significativa do assunto.
Clique Aqui para Baixar a Obra Completa
Tipo De Obra: TCC
Classificação Temática: NUTRIÇÃO
Ano: 2020
Cutter: F866i
Publicação: 07-04-2021
Nº Páginas: 20
Autores:
ANNE CAROLINE SILVA COSTA  (annecostaa@hotmail.com)

MATEUS ALVES DE FREITAS (alvesdefreitas6@gmail.com)

Orientadores: 
Esp. TAMYRES RIBEIRO FECHINE (Lattes)

Palavras-Chave: 
  • Depressão 
  • DISBIOSE
  • Microbiota
  • Prebióticos
  • Probióticos
Keywords: 
  • Depression 
  • DYSBIOSIS
  • microbiota
  • Prebiotics
  • probiotics